sexta-feira, outubro 29, 2010

Amor.


É quando as músicas fazem lembrar, quando o passar do tempo trás recordações ou quando tenta saber notícias que quase nunca chegam, que eu tenho a certeza:
Tenho um amor que é gigante!
Um amor que chegou quando eu não pedi, que foi quando eu não queria, mas que deixou seus chinelos, em par, à beira da cama e seu perfume em minha pele!
Ele ficará aqui até quando quiser, porque eu já cansei de tentar expulsá-lo...
Porque eu sei que ele só vai embora, quando outro, mais atrevido e corajoso tomar o espaço que ainda é seu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário