sexta-feira, outubro 22, 2010

Nada é o que parece...



Ao se aproximar, saiba que nem tudo é o que parece!
Voz calma não demonstra medo...
Sorriso aberto não demonstra inocência...
Feminilidade não demonstra submissão...
Sentir-se só não demonstra carência...
Querer apaixonar-se não demonstra não saber viver sozinha...
Ser religiosa não é, nem nunca será, sinonimo de ortodoxia ou fanatismo!
Ser idealista não apaga o realismo presente em mim...
Ser héterossexual não me impede de ser amiga de homossexuais...
Eu gosto da troca, do bilateral, da interdisciplinaridade, de fusão, do hibridismo, do humanismo!
E só mais um aviso: Se chegar perto, o problema é seu!
Para depois não dizer que não avisei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário