sábado, março 12, 2011

Não tenho medo de sentir...Eu sinto muito!



Não morro de amores por pessoas sem mistério.
Quando se é muito transparente, muito risonho e educado, é raro ser levado a sério.
Prefiro os mais silenciosos, os que abrem a boca de menos, os mais serenos, aqueles que ninguém define e que sempre analisam os fatos por um novo enfoque.
Prefiro os que têm estoque aos que deixam tudo à mostra na vitrine.

Um comentário:

  1. É Luísa, eu estou na minha fase silênciosa. Na maior parte das vezes, é assim.

    E eu também "sinto muito" por vc e pela sua família que é, também, a minha.

    Bjo!

    ResponderExcluir