domingo, julho 31, 2011

Em frente.



Uns dizem: Chora, faz bem. Outros dizem: Não chora, não adianta de nada. Acho que a junção disso se tornaria: Só não pode chorar por quem não vale a pena. Mas daí eu me pergunto como saber se a pessoa vale a pena mesmo? Como saber se ela não vai te magoar um dia? Acho que a resposta seria: Nada pode ser perfeito, até robôs tem seus defeitos, porque um ser humano deveria ser perfeito? Então entre o chorar e o não chorar, eu prefiro curtir o momento independentemente do que me acontecer, afinal, o futuro é a morte, e disso ninguém escapa.


Talvez o final feliz, seja só seguir em frente.

quinta-feira, julho 28, 2011

Fora do ar.



Esses dias eu venho me sentindo assim, como se estivesse fora do ar, desligado do mundo a minha volta. É como se estivesse com algum defeito de funcionamento, quem sabe não é de fábrica? Ou será que foi adquirido com o tempo? Agora, pouco importa, tudo de que preciso é de um bom conserto, algo que me faça acordar, me faça sentir o que já venho ignorando há muito tempo.


Seja feliz, hoje. Amanhã é uma ilusão. Ontem é uma lembrança.

terça-feira, julho 26, 2011

Me ame de volta.



Estou em um momento da minha vida sei lá, sinto falta de alguém pra conversar, dividir histórias do cotidiano, os meus sonhos para o futuro e quando eu penso que encontrei essa pessoa pra dividir momentos comigo, as decepções voltam a me atormentar e me fazer sofrer, será que é porque eu espero muito das pessoas e elas não conseguem ser o que eu quero pra mim?Mas eu não sou exigente, eu só quero alguém junto a mim, que cuide e se importe comigo e que se eu o amar que ele me ame também, já bastaria.

Esperando.


Estou cansada, cansada de esperar por ele, dei tempo, tempo até demais, e eu ja não aguento mais esperar, tanto sofrimento, angustia, tanto drama para ser feliz, creio que se ele sentisse mesmo algo verdadeiro e único por mim, teria vindo mais não veio...


Quando você ama alguém, você faz qualquer coisa para mante-lo seguro.

domingo, julho 24, 2011

Laços.




Aos poucos a gente vai desamarrando os laços criados pelo caminho. Aos poucos a gente vai se desfazendo das lembranças, dos lugares, das pessoas, das dores, dos medos, dos nós. Mas não adianta, é necessário se amarrar de novo, é necessário criar novos jeitos de se amarrar. A vida é assim, feita de apegos e desapegos. Feito de fim e recomeço. Enquanto a gente faz um laço, a gente tem que se desfazer de outros. Mas não se esqueça que os laços se acumulam e que a corda é pequena. O fato é, na hora de se desfazer você tem que saber a diferença entre os laços bonitos e os fortes. Entende?



Existem momentos na vida em que a gente precisa ser mais forte do que acha que pode.

quarta-feira, julho 20, 2011

Feliz dia do amigo!


Amigos não são só aqueles que te fazem rir, que fazem as melhores palhaçadas ou saem com você pra qualquer lugar. Amigo é aquele que sempre vai estar com você rindo ou chorando, te aconselhando a fazer a coisa certa, é aquele que te guia na escuridão, que te da as mãos quando você está perdida. E você só descobre quem são seus amigos de verdade, em um momento que você precisa, porque quem está com você só por conveniência ou pra ‘diversão’ vão ser os primeiros a irem.

Seu verdadeiro amigo, não te trocará por amor nenhum, por que ele sabe que o amor de amigo é mas forte.

quinta-feira, julho 14, 2011

Seu.



Não escolha a pessoa mais bonita do mundo.
Escolha a pessoa que faz do seu mundo, o mais bonito!

terça-feira, julho 12, 2011

Com o tempo.



Eu não sei o que eu sinto por você. Tem momentos que eu prefiro mesmo nem saber. Mas eu sei que esse sentimento tá me deixando confusa, me corroendo por dentro, mexendo demais com minha cabeça e com o meu coração. Eu sei que pode ser apenas uma atração, mas e se for amor ? Deixa o tempo dizer. Deixa o tempo me mostrar. E o que tiver de acontecer, eu vou deixar rolar.

segunda-feira, julho 11, 2011

Não!


Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres:

Primeiro: a dizer não.
Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer não.

segunda-feira, julho 04, 2011

De corpo e alma.



Então, não perca seu tempo comigo. Eu não sou um corpo que você achou na noite. Eu não sou uma boca que precisa ser beijada por outra qualquer. Eu não preciso do seu dinheiro. Muito menos do seu carro. Mas, talvez, eu precise dos seus abraços fortes. Das suas mãos quentes. Do seu colo pra eu me deitar. Do seu conselho quando meu lado menina não souber o que fazer do meu futuro. Eu não vou te pedir nada. Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar. Mas uma coisa, eu exijo. Quando estiver comigo, seja todo você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, mais corpo. Mas, por favor, não me apareça pela metade. Não me venha com falsas promessas. Eu não me iludo com presentes caros. Não, eu não estou à venda. Eu não quero saber onde você mora. Desde que você saiba o caminho da minha casa. Eu não quero saber quanto você ganha. Quero saber se ganha o dia quando está comigo.

sexta-feira, julho 01, 2011

SUA felicidade.



"Aprendi que amar não significa estar junto, mas sim querer ver a pessoa feliz , mesmo que isso custe a sua felicidade."

Querido John