segunda-feira, agosto 29, 2011

Por mim.


Vou ser extremamente sincera, eu digo que sou forte, mas é pra esconder minhas fraquezas. Eu digo que não vou sentir saudades, mas passo noites lendo mensagens e revendo fotos. Eu digo que não correria atrás, mas na primeira oportunidade estou tentando fazer as coisas darem certo.
Eu faço isso por mim, não é nem por você, só faço pelo medo de desperdiçar mais uma chance com você, de ver minha felicidade escapar e correr o risco de dizer depois que não fiz nada pra segurá-la. Então, eu faço, corro, choro, mas não deixo de tentar.


Não importa o que te disseram, você é maior do que as palavras.

sexta-feira, agosto 26, 2011

Na sua vida.



Eu queria te abraçar. Mas não só te abraçar, eu queria te abraçar bem apertado, por muito tempo. Eu queria receber uma mensagem sua de madrugada, não precisava de nada demais, seria só pra mim ver que você pensa em mim. Eu queria ir na sua casa, conversar com sua mãe, conhecer seu pai, falar mal de você pro seu irmão, eu queria poder fazer parte da sua vida. Eu queria ouvir sua voz no meu ouvido, sentir seus braços pela minha cintura. Eu só queria poder ter você pra mim, e fazer de nós o relacionamento mais lindo que nasceu de uma amizade. E eu só queria mais uma coisa, eu queria que você quisesse o mesmo.



As vezes um olhar diz mais do que palavras. Muita vezes tive medo de olhar nos teus olhos e ver de verdade o que não queria. Enxergar!

segunda-feira, agosto 22, 2011

Arrisque!



Pare de fingir que tudo está bem, de que não se importa mais com isso. Chega de tentar fugir de algo que está aí dentro, chega de mentir para si mesmo. Acho que já está mais do que na hora de você encarar os fatos, deixar pra lá esse orgulho todo, e ao menos uma vez na vida, se arriscar pra ver o que acontece!




E todo o passado é apenas uma lição que aprendemos.

quarta-feira, agosto 17, 2011

"A" pessoa.



Eu preciso de alguém. Não qualquer pessoa. Alguém que esteja disposto a cuidar de mim. Que aprenda a lidar com meus defeitos, com minhas teimosias. Alguém que aguente minhas mudanças de humor, meus desabafos sobre a vida. Alguém que me prove o contrário quando eu disser que não consigo mais sorrir. Que esteja do meu lado e me ajude a levantar quando eu cair. Eu preciso de alguém que realmente se preocupe em fazer durar. Não para sempre, mas o tempo suficiente para que se torne inesquecível.
 
Aprenda a dar valor para as pessoas certas. Cuide de quem cuida de você.

domingo, agosto 14, 2011

Pai.



Pai é a mesma coisa de mãe com bigode, os dois tem quase a mesma função, a única diferença que a mãe tem seu papel maternal de gerar e alimentar, e mulheres são mulheres, tem todo a delicadeza, mas agora sã outros quinhentos, o sujeito em destaque são os “pais”. E Pai tem de todo tipo, aquele brincalhão que está sempre jogando uma piadinha e é a diversão da galera. O Pai bonitão, que se veste super bem e que as amigas ficam de olho. O pai bravo, que comporta toda aquela pose de machão, mas no fundo é sentimental. O pai coruja, que não deixa a filha sair de roupa curta por causa do ciúme. O Pai de primeira viagem, um pouco desajeitado e bobão. O Pai ditador, que para emprestar o carro em uma sexta a noite é uma luta. O Pai liberal, que sempre faz todas as vontades do filho. O Pai moderno, que está sempre antenado com as novas tecnologias. O Pai babão, que adora presentear o filho e perguntar se já comeu isso e aquilo. Tem lá também aquele pai que não é o mesmo de sangue, mas faz o papel como ninguém e outras vezes é a própria mãe que faz o papel de pai, com meu irmão. Mas Pai tem de todo o tipo, mas seja como for o seu pai, ele te acompanhou desde pequeno e te ensinou o que é o certo e o que é errado, claro que ele foi um pouco chato às vezes ou quase sempre, mas acredite, ele sabe o que faz. Eu não sei o seu, mas o meu pai se comunica comigo muitas vezes por olhares, e geralmente um olhar bravo que muitas vezes me fez sair correndo. Mas amo o meu, de fato ele é a minha mãe de bigode e que eu daria a minha vida pra proteger, é aquela coisa de amor incondicional. Mas desculpa ai, mas meu pai é o melhor do mundo.



Se um dia encontrar um homem que prove ser um terço do que seu pai é, case-se com ele.

sábado, agosto 13, 2011

Só você sabe.



Já esperei tanto das pessoas antigamente, que hoje não crio mais expectativa nenhuma. Não sonho, não idealizo, só deixo acontecer. Sempre espero que as pessoas me magoem e sempre espero a ida delas da minha vida. Porque, desde sempre, foi assim. Pessoas vem, eu as amo, elas me magoam, depois vão embora. E doía pra caramba. Agora, já sei como é esse ciclo, e não me surpreendo tanto se isso acontecer. Mas sei que mesmo assim, ainda vai doer.



Seus problemas podem não ser os piores, mas só você sabe o quanto dói.

sexta-feira, agosto 12, 2011

Hoje...



Hoje eu só queria ouvir ”te procurei pra saber se você tá bem”.

sábado, agosto 06, 2011

Várias voltas.




Eu sempre paro pra pensar, nas voltas que a vida dá. Nas pessoas que partem, nas pessoas que ficam. Nas pessoas que entram sem avisar, e quando percebo já se tornaram parte de mim. Eu sempre paro pra pensar se o tal do destino existe. Se existe alguém que realmente nasceu pra mim. Se eu devo esperar. Se eu devo lutar por algo, ou até mesmo por alguém. Se eu devo deixar as coisas como estão. Se eu devo fazer algo pra mudar. Tantas perguntas em minha mente. E talvez as coisas mudem, quando eu menos esperar. Talvez… Mas isso só o tempo dirá.


Ruim é quando a gente sabe a verdade, mas prefere não acreditar.

terça-feira, agosto 02, 2011

Alguma coisa.



Eu ando tão… sei lá. Como se faltasse um pedaço. Como se eu não estivesse completa. Eu não estou nem triste e nem contente. Apenas conformada. Não sei se essa história de conformismo é boa, mas de todas as vezes que eu lutei para mudar a situação, nenhum delas adiantou em nada. Agora funciona assim, se acontecer, bom. Se não, fazer o quê.


Você já sentiu como se tudo que você fizesse ninguém desse valor?