segunda-feira, agosto 29, 2011

Por mim.


Vou ser extremamente sincera, eu digo que sou forte, mas é pra esconder minhas fraquezas. Eu digo que não vou sentir saudades, mas passo noites lendo mensagens e revendo fotos. Eu digo que não correria atrás, mas na primeira oportunidade estou tentando fazer as coisas darem certo.
Eu faço isso por mim, não é nem por você, só faço pelo medo de desperdiçar mais uma chance com você, de ver minha felicidade escapar e correr o risco de dizer depois que não fiz nada pra segurá-la. Então, eu faço, corro, choro, mas não deixo de tentar.


Não importa o que te disseram, você é maior do que as palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário