terça-feira, setembro 27, 2011

Máscara.



Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, as coisas não são fáceis. É muito fácil olhar para o meu sorriso de todas as manhãs e me julgar uma pessoa de bem com a vida. Eu não sofro 24 horas, eu não passo todas as minhas noites em claro chorando. Eu sei me controlar. Eu sei sorrir quando devo. Mas também dói em mim. Eu também sinto aquela sensação de angústia de perda. Eu sinto saudade do passado. Eu me apego as coisas pequenas, eu rolo na cama por não conseguir dormir. Eu respiro devagar quando quero evitar as lembranças. Também me machuca o que ninguém mais se lembra, mas o que eu jamais serei capaz de esquecer.


"Às vezes você tem que esquecer o que quer, para começar a entender o que você merece."

quarta-feira, setembro 21, 2011

Cansativo.



Sempre me canso de tudo. Das pessoas principalmente. Não sei dar um sorriso forçado, não sei falar com quem eu não gosto, não sei fingir interesse. Futilidade me cansa, amizade forçada, carinho exagerado e todas essas obrigações também. É difícil algo me interessar verdadeiramente, acho tudo tão repetitivo. As mesmas conversas, mesmas piadas sem graças, os mesmos sorrisinhos e todo aquele papo furado. Normal demais, tedioso demais. É quase impossível achar alguém que me faça ter vontade de ficar perto ou de conversar o tempo todo.


Gosto de reticências, ponto final é tão doloroso.

sexta-feira, setembro 16, 2011

Mudanças.



Uma vontade imensa de mudar de cidade, andar do outro lado da rua, mudar o guarda-roupa inteiro. Cortar o cabelo, conversar com outras pessoas que não conheço, encontrar um novo amor, viver outras primaveras. Uma necessidade surreal de inovação, de qualquer coisa que seja diferente, de qualquer coisa que me faça ver que dessa vez vai ser diferente. A possibilidade de ter um outro final além desse. Agora. Já. Nesse mesmo instante.


O tempo passa, as pessoas mudam, eu mudei e parei de me importar com muita coisa.

quinta-feira, setembro 15, 2011

Elimine!



Existem momentos na vida que é necessário excluir pessoas, apagar lembranças, jogar fora o que machuca, abandonar o que nos faz mal.
Se libertar de coisas que nos prendem, olhar para frente e enxergar os caminhos ao nosso redor, ao invés de insistir sempre no mesmo erro e na mesma dor. Aprenda a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem também gosta de você! Não desista e saiba valorizar quem te ama, esses sim merecem o seu respeito. Quanto ao resto, bom.. ninguém nunca precisou de restos para ser feliz.

Cuide apenas daquilo que for verdadeiro..o que não for, deixe passar.

segunda-feira, setembro 12, 2011

"Alguém como você"



"Ás vezes o amor dura, mas, ás vezes fere em vez disso."

Adele

domingo, setembro 04, 2011

Sofremos.Amamos.





A vida é tão complicada. Um dia ganhamos e em outro perdemos. Sofremos. Amamos. Lutamos. Um mix de tudo. Mas, aprendi, que amanhã pode ser bem melhor. Uma luta. Uma alvorada nova. A cada amanhecer, estaremos dispostos a ganhar ou a perder. Mas também estaremos aptos a sermos felizes, em qualquer hipótese!

quinta-feira, setembro 01, 2011

Agarre!



Alguém vai te estender a mão quando você estiver caindo. Alguém vai amar todos os seus defeitos acima das qualidades. Alguém vai querer mais que seu bem, vai querer sua atenção, sua felicidade e seu amor. Um aviso: Não deixe essa pessoa escapar. Por que a chance de achar alguém como ela é de 1% em todo lugar. Se apegue, seja feliz e acima de tudo… Ame.




Não importa a opinião do outros, o que importa e se te faz bem ou não.