terça-feira, setembro 27, 2011

Máscara.



Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, as coisas não são fáceis. É muito fácil olhar para o meu sorriso de todas as manhãs e me julgar uma pessoa de bem com a vida. Eu não sofro 24 horas, eu não passo todas as minhas noites em claro chorando. Eu sei me controlar. Eu sei sorrir quando devo. Mas também dói em mim. Eu também sinto aquela sensação de angústia de perda. Eu sinto saudade do passado. Eu me apego as coisas pequenas, eu rolo na cama por não conseguir dormir. Eu respiro devagar quando quero evitar as lembranças. Também me machuca o que ninguém mais se lembra, mas o que eu jamais serei capaz de esquecer.


"Às vezes você tem que esquecer o que quer, para começar a entender o que você merece."

Nenhum comentário:

Postar um comentário