sexta-feira, setembro 16, 2011

Mudanças.



Uma vontade imensa de mudar de cidade, andar do outro lado da rua, mudar o guarda-roupa inteiro. Cortar o cabelo, conversar com outras pessoas que não conheço, encontrar um novo amor, viver outras primaveras. Uma necessidade surreal de inovação, de qualquer coisa que seja diferente, de qualquer coisa que me faça ver que dessa vez vai ser diferente. A possibilidade de ter um outro final além desse. Agora. Já. Nesse mesmo instante.


O tempo passa, as pessoas mudam, eu mudei e parei de me importar com muita coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário