sábado, dezembro 31, 2011

Um belíssimo ano.



E tempo de refletir, é tempo de guardar aquilo que nos fez bem e jogar fora tudo que não serve mais. Renovar as esperanças. Rever nossos planos, olhar pra trás e jogar numa balança tudo o que foi vivido e saber o quanto evoluímos, o quanto crescemos e ver que podemos ainda muito mais. Que cada sorriso, cada palavra, cada pessoa, cada momento seja eternizado não só na memória mas em nossas vidas.
E meus votos são de : Paz, um amor correspondido, um amigo de verdade, palavras sinceras, sentimentos mais sinceros ainda, , histórias pra contar, lágrimas de alegria, sem sofrimento, sem dor, sem percas, mas se houver que seja pra te mostrar que você é muito mais forte do que você pensa e que você é capaz!





HOPE!
um belíssimo ano.

terça-feira, dezembro 27, 2011

Diferente.



”Sabe do que eu gosto mesmo? Gosto de abraços inesperado, bem apertado, que da pra ouvir até as batidas do coração. Gosto de beijo roubado, aquele beijo sem desespero, beijar numa hora que menos se espera, beijar como se fosse o último e o primeiro beijo. Gosto de sorrisos de lado, gargalhadas altas, sem o menor medo e vergonha de ser feliz; gosto daqueles sorrisos bem abertos, que você consegue ver até o interior da pessoa, e ver o tamanho da felicidade, ou o tamanho da tristeza que ela esconde atrás de um sorriso. Gosto da sinceridade, mas não aquela que machuca; mas aquela sinceridade de olhar nos olhos e dizer tudo o que sente, o que pensa, dizer tudo, sem esconder nada. Gosto de pessoas que sabem perdoar, que sabem pedir desculpas, pessoas que não vão embora, e que não me deixam ou me trocam quando encontram alguém melhor que eu; sou apaixonada por pessoas diferentes, que tem seu jeito próprio; pessoas que agem e me tratam diferente de todas as outras me encantam. É disso que eu gosto.”


Kássia Ferreira (poetas-suicidas)

sábado, dezembro 24, 2011

FELIZ NATAL


Tem gente que entra na nossa vida de forma providencial e se encaixa naquela história que gosto de imaginar: surpresas que Deus embrulha pra presente e nos envia no anonimato. Surpresas que só sabemos de onde vêm porque chegam com o cheiro Dele no papel.


quinta-feira, dezembro 15, 2011

Ensinamentos.



"Aprendi que dessa vida, nada se leva..
que amores eternos sempre acabam...
que melhor amigo não existe e que são poucas as pessoas que estão do seu lado quando você cai e te ajuda a levantar...
aprendi que a única pessoa que você pode confiar plenamente é você mesma...
aprendi que a distância não diminui o amor e as vezes a presença diária destrói um...
aprendi que falar pouco é melhor pra mim...
e que ouvir mais faz diferença...
aprendi que a raiva passa...
aprendi que faz bem perdoar e se arrepender...
aprendi que a verdade pode doer mais que a mentira dói mais ainda...
aprendi que não deve se explicar pra todos...
aprendi que a saudade dói muito...
que o sofrimento te consome e que pra ser feliz não precisa de muito!...
mais eu aprendi também que tudo passa e que só fica o que é realmente verdadeiro."

quinta-feira, dezembro 01, 2011

Lembranças.



As fotos na estante me fazem lembrar do passado tão sonhado. As músicas na minha playlist tocam para me fazer sentir os momentos. A brisa me trás boas recordações. A noite, pesadelos vividos no mundo real. Cada pedacinho do que está aqui, a minha volta, tem um significado.Ando carregando nas minhas caixas internas de lembranças, momentos, pensamentos e sentimentos coisas de mais. Ando me sobrecarregando de momentos antigos e sentimentos que já não existem mais. Esse novo ano que começa em alguns dias está exigindo de mim uma limpeza de tudo isso. Vou esvaziar caixas e jogar foras as coisas que não me pertencem mais. Vou deixar tudo que não me faz bem de lado e mergulhar no novo, no diferente no inesperado! Vou viver diferentemente. Vou nascer para uma nova vida, com pequenos elementos (e importantes!) da antiga pessoa. Vou carregar apenas o bom, o saudável, o bonito e o melhor.