sábado, janeiro 12, 2013

Nas palavras.

 
 
Ao tentar lembrar de um sentimento eu escrevo, ao tentar lembrar de um momento eu escrevo, ao tentar expressar o que eu sinto eu escrevo, ao tentar aprender eu escrevo, ao tentar ensinar eu escrevo.
E de tudo eu escrevo... e o que eu não digo eu escrevo.
A escrita me transforma, a escrita me transporta, a escrita me instiga, a escrita me anima. E em cada pensamento vale uma palavra, vale de ser lembrado se não pode imortalizar um momento que imortalize em palavras porque ela sim tem a verdade em seus atos.
 
 
# Eu sinto orgulho do meu coração, pois ele foi partido, iludido, maltratado, traído e ainda continua funcionando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário