quinta-feira, maio 02, 2013

Sobrevivendo.



Aprendi que sorrisos melhoram seu dia totalmente. Já vi o pôr-do-sol cor-de-rosa e alaranjado, já olhei a cidade de cima e mesmo assim não encontrei meu lugar. Eu já corri pra não deixar alguém chorando, já fiquei sozinho no meio de mil pessoas sentindo falta de uma só. Ouvir a voz de quem você ama é o melhor remédio, aprendi que as vezes as piadas mais idiotas são as mais engraçadas, aprendi que as vezes a sua vida acaba virando a própria piada. Já senti medo do escuro, já tremi de nervoso, já renasci novamente pra ver o sorriso de alguém especial. Já acordei no meio da noite e fiquei com medo de levantar. Já acordei cedo e vi a lua virar sol, já chorei por ver amigos partindo, mas descobri que logo chegam novos, e a vida é mesmo um ir e vir sem razão. Aprendi que algumas vezes a sua dor é só sua, e por isso é problema seu, e você precisa aprender como tira - lá do seu peito. Aprendi que nessa vida por mais difícil que seja, sempre pode existir alguém em uma situação bem pior que a sua. Saudade não é ausência, é a presença, é tentar viver no presente, saudades são todas as coisas que estão lá para nos dizer que não, a pessoa não foi embora. Muito pelo contrário: ela ficou, e de lá não sai. A ausência ocupa espaço, ocupa tempo, ocupa a cabeça, até demais. Foram tantas coisas feitas, momentos guardados na memória, guardados num baú, chamado coração.


"Um aviso: depois pode ser tarde demais."

Nenhum comentário:

Postar um comentário