terça-feira, outubro 29, 2013

Seja você.



Não importa o que você lê, desde que leia. Não interessa se o seu namorado é o top de linha ou o que ficava sempre sozinho dançando com a vassoura em festinhas da escola. O importante é o que você pensa dele. Hoje em dia as pessoas têm mania de dar importância para a opinião alheia. Eu digo: tô nem aí. Sempre gostei de quem gostei e azar de quem não goste. Quem tem que querer sou eu. Não tenha medo de ser quem você é, desde que seja. Seja sempre você, com sua cara amarrotada, seu cabelo desgrenhado, suas meias furadas, suas unhas não feitas. Seja você e, principalmente, se orgulhe de ser quem você é. Os outros? Problema deles. Você tem que ter a melhor opinião sobre você mesmo.



"Um dia a gente aprende a conviver com uns. E a sobreviver sem outros."

Nenhum comentário:

Postar um comentário